0

10/10 a 29/10/2014 – Nacasa – Fln – sc

A exposição Volátil #2 junta dois artistas que, apesar de utilizar técnicas e materiais diferentes para desenvolver suas obras, nos últimos anos apresentam uma clara convergência temática entre seus trabalhos. Embora formalmente diversos, os trabalhos tridimensionais de Egidio Rocci e os desenhos de Tamara Andrade abordam coisas e seres alados. Aviões e pássaros apontam para o sentido estético e poético contido na ideia do voo.

Tamara Andrade (1978) nasceu em São José dos Campos, SP. Graduou-se em Multimidia e Intermidia pela ECA- USP, em 2009. Realizou quatro individuais e várias exposições coletivas em importantes instituições de arte como Paço das Artes, MAM Bahia e Centro Cultural São Paulo. Também participou de residências artísticas e foi indicada aos prêmios Marco Antonio Vilaça SESI-CNI, em 2011 e Prêmio PIPA 2014. Em sua pesquisa sobre o desenho, vem se dedicando ultimamente ao estudo da anatomia e de artistas viajantes dos séculos XVI ao XIX.

Egidio Rocci (1960) nasceu em Caçapava, SP. Desde 1994 desenvolve seus trabalhos tridimensionais utilizando a madeira como material preferido. Com exposições individuais e coletivas em importantes instituições de arte do país, o artista recebeu vários prêmios dentre os quais se destacam o Prêmio Aquisição do Programa de Exposições do CCSP, em 2005 e o Prêmio Atos Visuais – FUNARTE Brasília DF, em 2008. Possui obras em acervos como o da Pinacoteca do Estado de São Paulo, MAM Bahia, MAC Goiás e outros. Atualmente vive e trabalha em São José dos Campos.