Casa do Povo

Casa do Povo (São Paulo, SP, 1953)

www.facebook.com/casadopovoxxi/info / casadopovoxxi@gmail.com

Inaugurado em 1953 em memória aos que sucumbiram nos campos de concentração nazistas, a Casa do Povo nasceu para ser um monumento vivo, em que a memória serve como base para construção do futuro. Acolheu o jornal Nossa Voz, a escola Scholem Aleichem, o teatro TAIB, e se tornou, nos anos 70, um lugar de resistência à ditadura militar. Durante décadas, a Casa do Povo dialogou com seu entorno ao abrigar e promover o que havia de mais experimental e inovador no Bom Retiro, bairro da região central de São Paulo. Porém, com a deterioração das condições da região central de São Paulo, da normalização da contracultura e do crescimento de novas instituições culturais, a Casa do Povo passou por um período de diversas dificuldades mas vive hoje novos desafios.Ao celebrar seus 60 anos em 2013, a Casa do Povo iniciou processo de retomada de suas atividades, atualizando a posição de vanguarda política e cultural que desempenhou por décadas.Enquanto as principais instituições culturais da cidade identificam, preservam e divulgam práticas artísticas existentes, a Casa do Povo visa incentivar a criação de novas práticas e formas de pensamento. Por meio de iniciativas ligadas à cultura contemporânea se reinventa como um espaço de experimentação para a cidade de São Paulo.