Molúsco Lama

Molúsco Lama (Olinda, PE, 1996 a 1999)

Molusco Lama, um coletivo/moradia auto-denominado “pseudogrupo”, que morou numa casa em Olinda nos idos de 1990. O grupo desenvolveu atividades nas artes visuais e colocou no circuito nordestino uma banda chamada Gnomos da Metrópole. Abrigados em duas casas na bucólica praia dos Milagres de Olinda, cerca de 40 pessoas habitaram ou transitaram por lá, criando um pouco de tudo, ou como talvez prefiram os “moluscos”, muito de nada. Alguns dos integrantes: Fernando Peres, ou como dizem, o Fernandinho Viadagem; Gustavo Grilo, ou Grilovsky; e o Lourival Cuquinha; entre outros, hoje continuam suas proposições autônomas ou circulam nos circuitos diversos da cultura.